O que é Sling?

Sling é todo carregador de bebê, não estruturado, que permite formar uma espécie de saco ou rede, onde se carrega o bebê próximo ao corpo em várias posições. Trata-se de uma versão moderna dos antigos carregadores de bebês utilizados há séculos por diversas culturas (indígenas, africanas, asiáticas e indo-americanas). Instintivamente, esses povos descobriram que a relação mãe-bebê, quando prolongada para fora do útero, proporciona à criança um desenvolvimento de forma saudável e segura.

Nessas culturas, onde se utiliza os slings frequentemente, os bebês choram muito menos que nas culturas que não possuem esse hábito. Em algumas delas, inclusive, não há sequer uma palavra que signifique cólica. Os bebês permanecem juntos de suas mães o tempo todo, com livre acesso ao seio materno e vendo o mundo do mesmo ponto de vista que sua mãe.

Através da sabedoria dessas culturas e entendendo como eram as condições intra-uterinas, antes do nascimento, podemos tirar lições valiosas sobre como ajudar nossos bebês na adaptação à vida extra-uterina.

A chamada teoria da extero-gestação afirma que os bebês humanos estão entre os mais indefesos de todos os mamíferos. Nos primeiros três meses de vida, o bebê humano é tão imaturo que seria benéfico a ele voltar ao útero sempre que a vida aqui fora se tornasse difícil.

No útero materno e em sua posição fetal, o bebê ficava apertadinho, quentinho, ouvindo o coração da mãe e sendo embalado constantemente para frente e para trás, conforme a mãe se movimentava.

A reprodução das condições do ambiente uterino proporciona um efeito calmante nos bebês, especialmente para bebês de até três meses de idade, fase em que as crises de choro e cólicas são mais frequentes.

É através do toque e do cheiro que os bebês estabelecem seu primeiro contato com o mundo e criam laços afetivos com seus pais. Dessa forma, pegar no colo, conversar, amamentar, embalar e confortar são alguns exemplos de atitudes de amor e carinho, fundamentais para estreitar ainda mais o vínculo entre você e seu bebê.

Além disso, transportar o bebê no colo permite que ele veja o mundo como você o vê. Quando o bebê é erguido, seu campo de visão se expande e ele passa a enriquecer suas experiências a partir da observação das atividades cotidianas de seus pais, dentro de um grupo social. Dessa forma, você estará ajudando a constituir um poderoso estímulo ao desenvolvimento cognitivo e social de seu bebê.

São os relacionamentos, mais do que a exposição exagerada à brinquedos e equipamentos modernos, que contribuem para o desenvolvimento do seu bebê. Então, não perca tempo! Comece hoje mesmo a praticar tudo isso e aprofundar ainda mais essa relação única entre você e seu bebê!

Experimente! Não há nada mais gostoso que ter seu bebê coladinho em você!

Quer conhecer nossos slings? Clique aqui e escolha o seu!