Dúvidas Frequentes

Fraldas de Pano

Como funcionam as Fraldas de Pano Barriga de Pano?
Nossas fraldas são modelo pocket (com bolso), no mesmo formato das fraldas descartáveis. O bolso é feito em tecido 100% algodão que respeita a pele delicada do bebê. Dentro do bolso são inseridos os absorventes, ou ainda, é possível colocar os absorventes por cima do bolso. Possuem fechamento frontal em velcro, elástico nas perninhas e nas costas e impermeável embutido, o que dispensa o uso de calça plástica. Cada fralda acompanha um absorvente. Mais absorventes podem ser usados de acordo com a necessidade de absorção.

 

Quais as vantagens em utilizar fraldas de pano?
As fraldas de pano são modernas (mesmo formato das descartáveis), livres de produtos químicos (não causam alergias e dermatites), ecológicas (não agridem o meio ambiente), confortáveis (deixam a pele do bebê respirar), reutilizáveis (basta lavar e utilizar novamente), duráveis (podem ser usadas por pelo menos 2 bebês) e econômicas (o valor gasto com fraldas de pano é muito menor comparado ao quanto se gasta com fraldas descartáveis). Além disso são muito lindas, fresquinhas e práticas de usar, pois não dão trabalho para lavar. Clique aqui e confira algumas curiosidades e outras razões para utilizar fraldas de pano.

 

Que cuidados devo tomar antes de usar as fraldas de pano?
Lave as fraldas antes do primeiro uso. As fraldas e os absorventes atingirão sua máxima absorção após a quinta lavagem, quando a goma da flanela será totalmente removida.

 

Como devo lavar as fraldas de pano?
Após usar a fralda, basta ir acumulando fraldas e absorventes em um cesto com tampa ou em um saquinho impermeável. Em caso de fezes, jogue-as no vaso sanitário e retire o excesso com água (pode-se utilizar uma ducha higiênica). Não é necessário pré lavar ou deixar de molho. Se preferir, pode-se fazer um enxágue rápido em água com um pouco de vinagre de álcool. O vinagre possui propriedades desinfetantes, assim as fraldas não ficarão com cheiro forte enquanto não são colocadas para lavar. As fraldas podem ser lavadas na máquina junto com as demais roupas do bebê. Utilize sabão de coco ou neutro, preferencialmente líquido, pois diluem mais facilmente na água. Utilizar apenas 1/3 da quantidade de sabão recomendada pelo fabricante, pois resíduos de sabão diminuem consideravelmente a absorção das fraldas. Não utilize amaciante, pois este impermeabiliza o tecido. Sugerimos o uso do vinagre no último enxague. O vinagre corta o efeito do sabão, funcionando como um amaciante natural. Não utilize alvejante, tira manchas ou qualquer outro produto químico, pois estes podem danificar os tecidos. Em caso de manchas ou resíduos de sabão, utilize água quente. Para manchas resistentes, faça uma pasta de vinagre com bicarbonato de sódio, aplique no local, deixe ao sol por alguns minutos e depois lave normalmente. Para maiores informações sobre lavagem e conservação das fraldas de pano, Clique aqui.

 

Quantas fraldas eu preciso comprar?
A quantidade de fraldas necessárias dependerá de vários fatores como: a frequência de lavagem (se todos os dias, duas ou três vezes por semana, etc.), se pretende utilizar 100% as fraldas de pano, se o local onde mora é quente, frio ou ao menos ventilado para que elas possam secar mais rápido, e da quantidade e frequência que o bebê faz xixi e/ou cocô. Caso esteja em dúvida quanto à adaptação às fraldas de pano, sugerimos adquirir nosso kit com 3 ou com 5 unidades, para que possa fazer um teste. Assim, saberá quantas fraldas precisará de acordo com a frequência de trocas. Para aumentar a capacidade de absorção das fraldas, sugerimos adquirir mais absorventes avulsos, pois cada fralda acompanha um absorvente em flanela.

 

O que são os absorventes e como usá-los?
Os absorventes podem ser usados dentro do bolso ou por cima dele. Ao utilizar o absorvente dentro do bolso, deve-se lavar a fralda e o absorvente. Ao utilizar por cima do bolso e, se não chegar a molhar ou sujar a fralda, pode-se fazer a troca somente do absorvente e continuar usando a mesma fralda. No caso do absorvente Toque Seco, este possui uma camada externa de microsoft que fica em contato com a pele do bebê. O microsoft promove uma cobertura sempre seca, deixando a pele do bebê mais sequinha. O xixi passa rapidamente para as camadas de flanela, onde é absorvido. Também pode ser utilizado com o lado do microsoft virado para baixo e o lado do algodão em contato com a pele do bebê. Essa segunda forma de uso tem a vantagem de auxiliar a evitar vazamentos, já que o microsoft não absorve o xixi.

 

Quantos absorventes devo utilizar?
A quantidade de xixi varia muito de bebê para bebê. À medida que o bebê cresce, a quantidade de xixi também aumenta, o que torna necessário utilizar uma maior quantidade de absorventes. Disponibilizamos em nossa loja virtual, a venda de absorventes avulsos. Para aumentar a absorção, os absorventes de flanela podem ser utilizados dobrados um por cima do outro, conforme a necessidade de absorção. Também se pode posicionar um dos absorventes, dobrado, onde há maior acúmulo de xixi: na parte da frente, se for menino e mais central, se for menina. No caso de bebês que dormem de bruços, o acúmulo de xixi ficará sempre na parte da frente, independente ser for menino ou menina. Muitas mães gostam de complementar a absorção com uma fralda de tecido (dessas que fazem parte do enxoval do bebê).

 

Qual a frequência de trocas das fraldas de pano?
Recomendamos a troca de fraldas a cada 2 horas ou de acordo com a micção e evacuação do bebê. As assaduras ocorrem principalmente quando a delicada pele do bebê permanece muito tempo em o contato com a umidade da urina, ou seja, quando há pouca frequência de troca. Mesmo nas fraldas descartáveis, onde o xixi se solidifica no gel, a frequência de troca não deveria ser prolongada. O contato da pele do bebê com o ambiente úmido e quente das fraldas descartáveis agrava ainda mais a incidência das assaduras e a proliferação de fungos e bactérias. Além disso, as fraldas descartáveis retiram toda a umidade natural da pele do bebê, deixando-a sem proteção e mais suscetível ao aparecimento de assaduras. As fraldas de pano permitem um maior controle por parte dos pais ou cuidadores, sobre o ritmo de evacuações do bebê, o que, além de ajudar a mantê-lo sempre limpo e seco, ainda facilita o desfralde, pois o bebê passa a ter a percepção de suas evacuações, o que não ocorre usando as fraldas descartáveis.

 

A fralda de pano é indicada para bebês com assaduras?
Com certeza. As fraldas de pano, ao contrário das descartáveis, não causam alergias, dermatites, escamações e proliferação de fungos e bactérias, pois são feitas de tecido 100% algodão que, além de oferecer maior conforto, deixa a pele do bebê respirar. Ocasionalmente, poderão ocorrer assaduras em função de períodos de dentição, transição para ingestão de alimentos sólidos, uso de medicações que podem diminuir a defesa contra infecções por bactérias e fungos, etc. Nesses períodos mais difíceis de controlar as assaduras, troque a fralda de pano com maior frequência e deixe o bebê tomar um pouco de sol no local da assadura, mas sempre até as 10h da manhã ou após as 16hs da tarde.

 

Quantas vezes a fralda pode ser usada?
A fralda resiste a inúmeras lavagens. O bebê a utilizará até que deixe de servir e depois será possível utilizá-la, pelo menos, com um segundo bebê.

 

Slings

Quais as vantagens de utilizar um sling?
As vantagens de utilizar um sling são tantas que dedicamos uma página especialmente para falar sobre os benefícios proporcionados pelo sling, tanto para os bebês quanto para as mamães. Confira clicando aqui.


Até quando poderei utilizar o sling com meu bebê?
Nossos slings foram confeccionados para suportarem até 20kg. Na prática, quem acaba decidindo até quando utilizar o sling é o bebê. Alguns bebês, quando começam a andar, querem menos colo, assim como há muitos bebês que adoram passear, ser embalados no sling ou então, acostumam-se a dormir nele. Nestes casos, a mãe é quem decide, até quando, ainda está confortável para ela carregar seu bebê. De forma geral, o sling poderá ser usado durante todo o período em que a mãe oferece colo ao seu filho.

 

O sling é seguro? Que cuidados devo ter ao utilizá-lo?
Utilizamos argolas de nylon injetadas, um material extremamente resistente à tração, sem soldas, leves, laváveis e testadas por laboratório do INMETRO. As argolas são presas ao tecido através de quatro costuras de segurança, arrematadas individualmente. Nossos tecidos são de qualidade, 100% algodão e de origem nacional. Entretanto, todo esse cuidado que temos ao produzir nossos slings deve ser reforçado por quem o utiliza. Ao fazer uso de um sling, alguns cuidados são essenciais. Lembre-se que está carregando um bebê junto a você, portanto, ocupará mais espaço ao se deslocar. Não é porque você está com as mãos livres que irá fazer com o bebê o que não faria se o estivesse apenas carregando no colo, sem o sling, como por exemplo, correr, cozinhar, andar de bicicleta, etc. O sling NÃO substitui o uso de dispositivo de segurança em automóveis (cadeirinhas). Carregar o bebê no sling em automóveis é ilegal e um grande risco para você e para o seu bebê. Você pode conferir nossas dicas de segurança ao utilizar seu sling, clicando aqui.


E se meu bebê não gostar de usar o sling?
Todo bebê gosta de contato, colinho e aconchego. Quanto antes começar a utilizar o sling, mais rápido será a adaptação, o que não quer dizer que bebês maiores não vão se adaptar. Lembre-se: o sling pode ser utilizado desde o nascimento, com bebês recém-nascidos, entretanto, pode ocorrer do bebê chorar ou reagir mal nas primeiras tentativas, já que se trata de uma situação nova para ele. Nestes casos, tente associar o uso do sling com a hora do passeio, da amamentação ou com a hora de dormir. Fale, ande, cante para o seu bebê. Se não conseguir usar em um determinado momento, não desista, tente novamente com calma e segurança em outro momento. Lembre-se de que o bebê pode ficar ansioso se perceber que a mãe está nervosa ou insegura.

 

E as costas e ombros de quem carrega o bebê? Não doem?
É importante utilizar o sling de forma correta para evitar desconfortos e não forçar as costas de quem o utiliza. O bebê no sling deve estar sempre acima do quadril e juntinho de quem o carrega. O tecido que fica sobre o ombro e o que fica atrás das costas devem ficar bem abertos para que não haja desconforto e o peso do bebê fique distribuído corretamente. No caso do pouch sling, o tecido sobre o ombro pode ser dobrado para fora para aproximar mais o bebê. No caso dos slings de argolas, as argolas devem ficar cerca de um palmo abaixo do ombro.

 

Nenhum produto coincide com esta seleção.